Que Dia é Hoje?

28/9/1992
Câmara dos Deputados aprova a abertura do processo de impeachment de Fernando Collor

Fernando Collor de Mello foi presidente do Brasil entre 1990 e 1992, o primeiro civil eleito pelo voto direto desde 1960. Em seu primeiro ano de governo, anunciou o Plano Collor que, entre outras medidas, estabeleceu o confisco de contas bancárias, congelamento de salários e abertura da economia para capital e mercadoria estrangeiros.
 
O plano fracassou e o Brasil enfrentou um período de profunda recessão. O governo perdeu popularidade e, em maio de 1992, o irmão do presidente, Pedro Collor, deu uma entrevista para uma revista de grande circulação, na qual ele acusava Fernando Collor e seu principal colaborador, Paulo César Faria, de corrupção, tráfico de influências e lavagem de dinheiro.

O Congresso Nacional instaurou uma CPI para investigar as denúncias. A comissão decidiu pelo pedido de impeachment do presidente. Em 2 de outubro, ele renunciou ao cargo, mas como seu processo já estava aberto, ele perdeu seus direitos políticos, ficando inelegível por oito anos. Collor voltou à cena política em 2006, quando foi eleito senador pelo estado de Alagoas.