Que Dia é Hoje?

5/6/1975
Canal de Suez é novamente aberto ao tráfego marítimo

A criação do Canal de Suez para ligar os mares Mediterrâneo e Vermelho através do istmo de Suez, no Egito, foi realizada por mais de 1,5 milhão de trabalhadores. As obras, iniciadas em 1859 e concluídas dez anos depois, tiveram um custo de 17 milhões de libras esterlinas.

Segundo os defensores do plano, os navios que partiam do Mar Mediterrâneo não precisariam mais passar por toda a África e contornar o cabo da Boa Esperança para atingir os Oceanos Índico e Pacífico, pois o canal reduziria a distância entre a Europa e o Sul da Ásia.

Os anos se passaram, e em 1888, foi definido, pela Convenção de Constantinopla, que o Canal serviria - mesmo em tempos de guerra - como passagem a embarcações de todos os países. Em 1936, Egito e Inglaterra assinam um acordo que garantia a presença militar do Reino Unido na região por um período de 20 anos.

Com a saída das tropas inglesas, em 1956, o presidente egípcio Gamal impediu a passagem de navios com a bandeira de Israel e iniciou um conflito ao nacionalizar o canal. Com o auxílio do Reino Unido e da França, Israel invadiu o Egito e foi derrotado. Mas, contando com a ajuda da ONU, da União Soviética e dos EUA, o Egito garantiu o controle sobre a passagem.

A ajuda não foi em vão, o preço cobrado ao Egito, foi a abertura do canal para a navegação internacional. Com a guerra dos Seis Dias, em 1967, o canal é novamente fechado, sendo reaberto no dia 05 de junho de 1975 para todas as nações.