Que Dia é Hoje?

14/5/1989
Carlos Menem é eleito presidente da Argentina

De família imigrante síria, Menem foi presidente da Argentina entre 1989 e 1999, pelo Partido Peronista. Embora tenha sido eleito como um candidato populista, ele realizou intensa privatização de instituições e cortes nos gastos públicos, principalmente por causa da hiperinflação e da recessão.

Essas políticas econômicas foram duramente criticadas pois, apesar de a economia Argentina ter dado sinais de recuperação, houve grande desemprego.

Ele perdoou líderes da época da ditadura Argentina, que haviam sido presos sob o governo anterior, de Raúl Alfonsín, por violarem os direitos humanos. Essa questão causou polêmica no país.

Seu mandato foi marcado por acusações de corrupção, e por suas atuações nas investigações do atentado na Embaixada israelita em 1992 e em 1994, no atentado na comunidade judaica, foi muitas vezes criticado como desonesto e superficial.

Durante seu governo tentou restabelecer relações com o Reino Unido, quebradas na guerra das Malvinas. Ainda sob o governo de Menem, diversas questões de fronteiras com o Chile foram resolvidas de forma pacífica.