Que Dia é Hoje?

8/6/1964
Cassado o mandato de Juscelino Kubitschek

Ex-presidente do Brasil, senador eleito em 1961, Juscelino então líder do PSD, anunciou sua intenção de se candidatar à futura eleição presidencial. As pesquisas já o indicavam como favorito e sua popularidade, além da proximidade com o presidente deposto pelo Golpe Militar de 1964, João Goulart, incomodaram o regime e no dia 8 de junho foi anunciada a cassação do seu mandato de senador e a suspensão dos seus direitos políticos por 10 anos.

Embora anunciasse, inicialmente, a intenção de permanecer no país, a sucessão de cassações de senadores, governadores, juízes e ministros dos tribunais superiores levaram-no a repensar sua decisão. Em 13 de junho embarcou para a Europa, num exílio voluntário, do qual só regressou em 9 de abril de 1967.

JK era um homem ousado e deixou sua marca na história do país. Quando era presidente foi o responsável pela mudança da capital do Brasil do Rio de Janeiro para Brasília. Depois de quase quatro anos de obras, Brasília foi inaugurada no dia 21 de abril de 1960, com uma missa solene na Praça Três Poderes. Sobre este momento histórico, os jornais da época se concentraram em repercutir uma foto do presidente Juscelino Kubitschek chorando de emoção, além é claro, das fotos dos imensos prédios da nova capital.