Que Dia é Hoje?

10/10/1970
Independência de Fiji

Fiji é formado por 332 ilhas, no sudoeste do Oceano Pacífico, sendo as ilhas Viti Levu e Vanua Levu as duas maiores. As ilhas Fiji foram exploradas pelos holandeses e britânicos nos séculos XVII e XVIII. Em 1874, as ilhas foram proclamadas uma possessão da Coroa Britânica, e a partir de 1880 começou o cultivo em larga-escala de cana-de-açúcar. Por 40 anos, mais de 60 mil indianos foram levados para a ilha para trabalhar nas plantações.

Conflitos raciais entre indianos e nativos fijianos têm sido o centro da História do país. Fiji tornou-se independente em 10 de outubro de 1970. Em outubro de 1987, o General Sitiveni Rabuka tomou o poder através de um golpe militar, que causou o êxodo de milhões fijianos de origem indiana que sofriam com a discriminação étnica. Uma nova constituição, que entrou em vigor em 1998, levantou a possibilidade de um governo multiracial. Em 1999, Mahendra Chaudhry, de etnia indiana, tornou-se primeiro-ministro, mas as tensões étnicas continuaram.

Em maio de 2000, um grupo de soldados armados invadiu o Parlamento e fez dezenas de reféns, inclusive o presidente Chaudhry. O empresário Geoge Speight, liderou a insurreição e exigiu que a Constituição de 1998 fosse reescrita para garantir o poder da etnia fijiana. Em julho de 2000, Speight e outros líderes do golpe foram presos. Em fevereiro de 2002, Speight foi condenado à morte, mas sua sentença foi atenuada. Embora o golpe tenha fracassado, o primeiro-ministro Chaudhry foi deposto e seu governo nunca foi restaurado. Em vez disso, o exército e o Grande Conselho de Chefes, um grupo de 50 líderes fijianos, designaram um governo interino dominado pela etnia fijiana. Laisenia Qarase foi eleito primeiro-ministro em 2001.