Que Dia é Hoje?

15/1/2006
Michelle Bachelet é eleita a primeira mulher presidente do Chile
A médica pediatra e epidemiologista, Michelle Bachelet, foi a primeira mulher eleita presidente do Chile. Filha da arqueóloga Ángela Jeria e de Alberto Bachelet, general de brigada da Força Aérea, Michelle se associou à Juventude Socialista durante os anos 70, enquanto ainda estudava medicina.

Em 1972, seu pai, foi convidado pelo então presidente do Chile Salvador Allende, para dirigir o escritório de distribuição de alimentos. Com o golpe de Estado dado pelo General Pinochet, Alberto foi preso e torturado, morrendo em 1974 de ataque cardíaco.

Por causa de seu envolvimento com o Partido Socialista, em 1975, Michelle foi presa e torturada pela Direção Nacional de Inteligência juntamente com sua mãe, Ángela. Em 1979, ambas conseguiram asilo político na Austrália, e depois na antiga Alemanha Oriental.

Com a queda de Pinochet e a ascensão do Partido Socialista do Chile ao governo, Michelle foi nomeada ministra da Saúde, no ano 2000, e da Defesa em 2002 por Ricardo Lagos, seu antecessor na presidência. Em 2005, Bachelet licenciou-se do ministério da defesa para concorrer ao cargo de presidente. No primeiro turno, obteve 45,95% dos votos enquanto seu rival mais próximo, Sebastián Piñera obteve 25,41%.

A vitória definitiva, porém, veio apenas no segundo turno em 15 de janeiro de 2006. Michelle Bachelet obteve 53,5% do total dos votos contra 46,5% de Sebastián Piñera se tornando a primeira mulher eleita presidente do Chile e a sexta na América Latina.