Que Dia é Hoje?

12/9/1957
Morre José Lins do Rego

José Lins do Rego, escritor, diplomata e jornalista brasileiro é considerado um dos mais importantes nomes da literatura regionalista do Brasil. Seu primeiro livro, Menino de Engenho, de 1932,  ganhou o Prêmio da Fundação Graça Aranha.

O escritor formou-se em direito e morou durante muito tempo em Recife, capital de Pernambuco. Em 1936, José Lins do Rego foi morar no Rio de Janeiro e esta nova experiência pode ser observada em seu trabalho, uma vez que escreveu obras que ressaltavam as diferenças entre os dois estados.

As características da vida rural, dos engenhos e das plantações de cana-de-açúcar eram muito presentes nos textos do autor. Entre outros clássicos escritos por ele têm-se: Usina (1936), Riacho Doce (1939) e Cangaceiros (1953).

Os livros deste romancista brasileiro foram traduzidos para diversos idiomas, como exemplo, o russo. Em 1956, um ano antes de sua morte, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras.