Que Dia é Hoje?

7/10/1849
Morre o poeta Edgar Allan Poe

Edgar Allan Poe (1809-1849), poeta americano, contista e crítico. É conhecido como um dos mais brilhantes e originais escritores da Literatura Americana. Também é considerado o pai do romance policial moderno.

Após a morte de seus pais, Poe foi morar com seu padrinho, John Allan, um comerciante bem sucedido. Mudou-se para a Europa, onde iniciou sua educação nas escolas da Inglaterra e Escócia. Retornando aos EUA, em 1820, continuou estudando em Richmond e, em 1826, entrou para a Universidade da Virgínia.

Mostrou capacidade notável na linguagem clássica romântica, mas foi forçado a deixar a universidade devido a discussões com Allan. Alistou-se no exército. Seu primeiro livro, "Tamerlane e Outros Poemas", foi publicado em 1827. Este foi seguido por mais dois volumes de versos, em 1829 e 1831. Nenhuma dessas obras iniciais atraíram a crítica ou o reconhecimento popular.

Poe foi para Baltimore viver com sua tia, Maria Clemm, e sua prima, Virginia Clemm. Em 1835, tornou-se editor em Richmond. Em 1836, Poe casou-se com sua prima Virginia e, em 1837, foram para Nova York, onde ele publicou a "Narrativa de Arthur Gordon Pym".

De 1838 a 1844, Poe viveu na Filadélfia, onde editou a Burton's Gentleman's Magazine e Graham's Magazine. Em 1844, Poe voltou para Nova York, onde trabalhou no Evening Mirror e, mais tarde, no seu próprio jornal, o Broadway Journal. Com "O Corvo e Outros Poemas", alcançou a fama, nos EUA e no exterior. Virginia morreu em 1847, e em 1849, Poe retornou a Richmond, mas não conseguiu superar a morte da esposa, aumentando sua dependência alcoólica. Poe morreu em outubro de 1849.