Que Dia é Hoje?

21/7/1949
Senado dos EUA ratifica o Tratado do Atlântico Norte

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) foi criada em 1949, durante Guerra Fria, com o objetivo de constituir uma oposição ao bloco comunista.

Inicialmente faziam parte do acordo Bélgica, Canadá, Dinamarca, França, Grã Bretanha, Islândia, Itália, Luxemburgo, Países Baixo, Portugal e os Estados Unidos. Grécia e Turquia aderiram à aliança em 1952, Alemanha Ocidental, agora Alemanha, entrou em 1955 e Espanha em 1982. Em 1999 foi a vez da República Tcheca, Hungria e Polônia e, cinco anos depois, Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia e Eslovênia.

A OTAN mantém sua sede em Bruxelas, na Bélgica. Um ataque armado a qualquer membro da Organização é considerado um ataque a todos. O acordo também prevê cooperação política, econômica e social entre os países-membros. Na década de 1990, com o colapso da URSS e do Tratado de Varsóvia, o papel da OTAN nos negócios mundiais mudou e a influência americana na Europa foi diminuindo gradativamente. Muitas nações do Leste Europeu assinaram o tratado como um contrabalanço ao poder russo.

Em 2002, Rússia e OTAN estabeleceram o conselho OTAN - Rússia. A OTAN concentrou-se em dar segurança e estabilidade para toda a Europa. As forças aéreas da OTAN foram usadas para ataques punitivos às forças sérvias na Bósnia, em 1994 e 95. Também foram utilizadas como forças de manutenção de paz na Bósnia.

A OTAN também lançou ataques aéreos entre março e junho de 1998, desta vez na Iugoslávia, após o colapso das negociações em Kosovo. Em junho de 1999, a Organização foi autorizada pela ONU a tentar restaurar a ordem na província e as forças de manutenção de paz entraram em Kosovo.

Em agosto de 2003, a OTAN assumiu o comando da Força de Segurança Nacional em Kabul, Afeganistão.