Que Dia é Hoje?

30/4/1975
Termina a Guerra do Vietnã

A Guerra do Vietnã pode ser dividida em dois períodos. O primeiro, entre 1946 e 1954, quando o líder do Viet-minh (Liga Independente do Vietnã), Ho Chi Minh, proclamou a independência do Vietnã ao ocupar Hanói, capital do norte.

Os colonizadores franceses não aceitaram a proclamação e iniciaram uma guerra que culminou com a derrota da França na batalha de Diem Biem Phu, em 1954. Com o final da guerra, a Conferência de Genebra decidiu, entre outras coisas, que o Vietnã ficaria dividido em dois: o norte, dominado pelo comunista Ho Chi Minh, e o sul, sob a liderança do imperador Bao Dai, aliado da França, além de estabelecer que em 1956 haveria uma eleição para a reunificação do país.

Bao Dai foi substituído por Ngo Dinh Diem, que instalou uma violenta ditadura, perseguindo os nacionalistas e comunistas, e cancelou as eleições previstas para 1956. O presidente declarou a independência do Vietnã do Sul e teve o apoio dos EUA. Em 1960 foi formada a Frente de Libertação Nacional, vietcongs, para lutar contra o governo do Sul. Os americanos enviaram militares para ajudar as tropas de Diem e, mais tarde, começaram a bombardear o Vietnã do Norte.

No dia 30 de janeiro de 1968 uma inesperada ofensiva dos norte-vietnamitas derrotou as forças do sul em 36 cidades e ocupou a embaixada americana em Saigon, capital sulista. Com o episódio, a opinião pública americana passou a exigir a saída dos americanos da Guerra. O presidente recém-eleito, Richard Nixon, começou uma retirada gradual de suas tropas, porém abasteceu ainda mais os sul-vietnamitas com armas e dinheiro.

A Guerra continuou com seguidas vitórias do Norte, até que em abril de 1975, os vietcongs ocuparam Saigon e fizeram uma homenagem a Ho Chi Minh, morto em 1969, dando seu nome à cidade. No dia 2 de julho de 1976, o Vietnã foi oficialmente reunificado, recebendo o nome de República Socialista do Vietnã.